terça-feira, 14 de outubro de 2014


                     
               
“Amor vem de amor. Vem de longe, vem no escuro, brota que nem mato que dispensa cuidado e cresce com a mais remota chuva. Vem de dentro e fundo e com urgência. Amor vem de amor. Que não cabe, mas assim mesmo a gente guarda. A gente empurra, dobra, faz força, deixa amassado num canto, no peito, no escuro, dentro, ou larga pegando sereno. Amor vem de amor. Vem do pedaço mais feio, do mais sem palavra, do triste, vem de mãos estendidas. É tecido desfeito pelo tempo, amarelecido pelo tempo, pelo cheiro da gaveta fechada, pelo riscado do sol na madeira. Amor vem de amor. Vem de coisa que arrebata, vira chão, terra, cisco, resto, rastro, coisa para sempre varrida. É delicadeza viva forte violenta. Que faz doer, partir, deixar caído. Amor vem de amor. E dói bonito.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meu Livro "Cilelela:Um Amor Virtual" 2º Edição Totalmente Renovado.

Meu Livro "Cilelela:Um Amor Virtual" 2º Edição Totalmente Renovado.
Compre já!Clique na imagem e irá direto para nossa editora

visitantes

contador de acesso grátis

Quem sou eu

Minha foto

                       *-*
Sejam bem vindos!!!
Meu livro "Cileléla:Um Amor Virtual" que esta a venda no site da editora 
para o Brasil www.garciaedizioni.com.br
Uma frase:
"Cada passo me faz chegar mais perto do que mais desejo."
            Cileléla 

Uploaded with ImageShack.us

Seguidores

Me siga

Instagram

Faça me uma Pergunta:


Uploaded with ImageShack.us