quinta-feira, 11 de novembro de 2010

"Dicionario do Amor"

             O que é ter paciência?
Paciência:Calma,tranquilidade,resignação,pachorra,fleuma.
 Saber esperar...
Isso é o que eu estou fazendo a mais de um ano.
É saber esperar as coisas acontecerem.
É saber que amor igual ao meu não se encontra em qualquer pessoa ou em um lugar qualquer.
É lutar e não desistir da batalha tão fácil.
Dizem que o amor é uma guerra...eu acho que não!
Talvez seja uma batalha que lutamos com o nosso próprio interior.
Lutando para não desistir de se arriscar...lutando para não desistir de amar!
O que este amor que sinto anda me ensinando é que não devo desistir...e apenas ter paciência e saber esperar.
Mas claro!
Não dormir no ponto!
Fazer as coisas acontecerem e mexer com as estruturas de um coração que não acredita na força da magia de um novo amor,um amor diferente,inovador e lutador...que se declara todos os dias...isso eu nunca vi e acho que nem ele.rs
Esperando algo em troca?
Claro que sim!
Esperando ver o amor explodir no coração do outro.
Mas só de saber que ele gosta de ler e sentir e rir com tudo isso...já me faz feliz!

Um dia uma amiga me disse que ele brincava com os meus sentimentos...
Fiquei a pensar...e cheguei a uma conclusão.
Ele não brinca com meus sentimentos...brincamos juntos.Eu e Ele.rs
Essa eterna busca de conquista.
Isso é muito bom!
Fico triste as vezes por ver como as pessoas enxergam o amor...
O Amor é uma busca pra mim.
Uma explosão de emoções que não existem regras.
Faça isso ou faça aquilo não está no meu dicionário do amor.
Até porque não existe esse dicionário.
Se um dia eu achar que ele não quer mais receber o meu amor,que ele não gosta mais disso,irei seguir por outros caminhos.
Mas... o único dicionário que eu leio! E sigo! É do meu coração!
E ELE ME DIZ COM TODAS AS LETRAS:
CONTINUE!!!
GRITE!FIQUE TRISTE!SURTE AS VEZES!PAGUE MICO!RS
MAS NÃO DESISTA DE AMAR...JAMAIS!!!


Cileléla

Paciência Lenine
Lenine - Paciência

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para

Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara

Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência
O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós

Um pouco mais de paciência
Será que é o tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (Tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para (a vida não para não)

Será que é tempo que me falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei,a vida não para (a vida não para não... a vida
não para)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meu Livro "Cilelela:Um Amor Virtual" 2º Edição Totalmente Renovado.

Meu Livro "Cilelela:Um Amor Virtual" 2º Edição Totalmente Renovado.
Compre já!Clique na imagem e irá direto para nossa editora

visitantes

contador de acesso grátis

Quem sou eu

Minha foto

                       *-*
Sejam bem vindos!!!
Meu livro "Cileléla:Um Amor Virtual" que esta a venda no site da editora 
para o Brasil www.garciaedizioni.com.br
Uma frase:
"Cada passo me faz chegar mais perto do que mais desejo."
            Cileléla 

Uploaded with ImageShack.us

Arquivo do blog

Seguidores

Me siga

Instagram

Faça me uma Pergunta:


Uploaded with ImageShack.us